Arquitectura

Exposição HOMELAND | Da Bienal de Veneza para Lisboa

8 Dez , 2014  

A inaugurar no próximo dia 9, do corrente mês, a exposição Homeland estará patente até 28 de Fevereiro, na Garagem Sul do CCB.
No seguimento da Bienal de Veneza, esta mostra é um convite à reflexão, feito por 12 convidados cuja temática foi desenvolvida durante os 171 dias de duração da iniciativa, sob a curadoria de Pedro Campos Costa.
A participação Portuguesa na Bienal deste ano foi através deste formato inovador, um Jornal, que foi distribuído durante os 6 meses da exposição, cujo objectivo era: criar algo de concreto, construtivo e crítico em Portugal.
Homeland, News from Portugal divulgou o processo do projecto de 6 grupos de arquitectos, que trabalharam em 6 cidades portuguesas, em 6 diferentes tipos de habitação (Colectiva, Unifamiliar, Informal, Reabilitação, Rural e Temporária). E é assim que também estará organizada a exposição que dará a conhecer estes projectos, actualmente em curso em diferentes etapas e com potencial de continuidade nas cidades do Porto, Matosinhos, Lisboa, Setúbal e Évora.
Através da dinamização do diálogo e do envolvimento de diferentes intervenientes, o desencadear de processos e a geração de conteúdo em diferentes formatos (projectos, ensaios, etc) contribuiu para um dos grandes objectivos da representação portuguesa na Bienal. De Veneza para Lisboa, esta exposição dá continuidade ao impulso criativo despoletado pela Bienal, que se propaga com efeitos positivos para o território de partida, Portugal.

A não perder, para quem é da área, ou curioso, uma exposição da nossa terra.

De Terça a Domingo | Encerra à segunda-feira
Das 10h00 às 18h00
Entrada pelo Jardim das Oliveiras
Preço 2€

01_Homeland_cover_p

Cátia Marcelino

Fonte: CCB e Trienal de Arquitectura de Lisboa

 

 

Inclui excertos da conferência “Venice in Portugal”, entrevistas a colaboradores do jornal e divide-se pelas seis tipologias habitacionais tratadas ao longo das suas 3 edições: Colectiva, Unifamiliar, Informal, Reabilitação, Rural e Temporária.

Comments

comments

, , , , , ,