Em Cartaz, Literatura

Exposição Uma Biblioteca Humanista | “Os objectos procuram aqueles que os amam”

13 Mar , 2015  

Na Gulbenkian está patente um mostra muito interessante, falo-vos da biblioteca de José V. de Pina Martins, ou “Biblioteca de Estudos Humanísticos” como ele gostava de lhe chamar, inclui grandes temas e autores do Humanismo cristão do Renascimento. Muitas obras são em latim e grego, algumas demasiado raras para poderem ser manuseadas. José de Pina Martins foi director do Centro Cultural Calouste Gulbenkian de Paris e ainda do Serviço de Educação da Fundação Gulbenkian, tendo, entre outros cargos, presidido à Academia das Ciências de Lisboa.
“Os objetos procuram aqueles que os amam” era o comentário que fazia José de Pina Martins (1920-2010) quando encontrava um livro raro destinado à sua biblioteca. Foi assim, de exemplar em exemplar, de livreiro em livreiro, que foi formando, ao longo da vida, uma das mais valiosas bibliotecas particulares especializadas de que há notícia. Pina Martins amou tudo nos livros: o papel, a técnica da impressão, as ilustrações, a encadernação. E foi com esse espírito que escolheu, para cada volume da sua colecção, a encadernação mais adequada, o estojo mais apropriado, a caixa melhor adaptada à sua conservação.
Cada um desses livros desempenhou um papel de relevo na História do pensamento ocidental, e contribuiu para o desenvolvimento da ciência, da cultura e do conhecimento. Por isso vale a pena expô-los e convidar o público a conhecer o segredo de uma biblioteca e as pequenas histórias de livros de que se faz a História do Livro.
A mostra é comissariada por Vanda Anastácio, professora associada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Uma exposição fora do comum, que vale a pena visitar, para ir sozinho ou em família, para fomentar o interesse pelos livros, estão planeadas várias actividades: visitas performativas, visitas orientas (em várias línguas), visitas temáticas, e oficinas em família.

Os preços variam, e a exposição está em patente na Galeria de Exposições Temporárias | Museu Calouste Gulbenkian, até dia 26 de Maio de 2015, das 10:00 às 18:00. Encerra às segundas. Para mais informações consulte aqui.

Cátia Marcelino

Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian

Comments

comments

, , , , , ,