Arpad Szenes-En Peignant-1946

Em Cartaz, Pintura

Olhos nos olhos | Almada, Amadeo, Paula Rego, Portinari, Arpad Szenes e muitos outros

28 Jul , 2015  

Estreou no passado dia 20 de Julho, a propósito do aniversário da morte de Calouste Gulbenkian, a exposição Olhos no Olhos, e estará patente até dia 19 de Outubro, na Galeria de Exposições Temporárias – Edifício Sede.
Esta exposição propõe uma aliciante viagem pelo universo do retrato ao longo do século XX e XXI, género largamente representado na coleção do Centro de Arte Moderna, da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Almada_Negreiros,_Duplo_retrato,_1934-36,_óleo_sobre_tela,_146_x_101_cm_


Foram reunidas 140 obras de várias filiações estéticas, desde um registo mais naturalista, assumido por artistas herdeiros do século XIX, até um registo de desconstrução próprio de grande parte da produção do século XX. Amadeo, Almada, António Soares, Milly Possoz, Eduardo Viana, Francis Smith, Paula Rego, Dórdio Gomes, Candido Portinari, Michael Andrews, Nikias Skapinakis, Pedro Cabrita Reis, António Areal, Gil Teixeira Lopes, Cruzeiro Seixas, Mário Cesariny e Helena Almeida são alguns dos artistas representados. “Numa época em que os retratos e autorretratos se tornsram uma moda, e em que cada um difunde a sua própria imagem nas redes sociais (através da prática das chamadas selfies), esta exposição mostra como este género foi sempre muito valorizado e esteve sempre presente na produção artística”, explica Isabel Carlos, diretora do CAM e curadora da exposição.

 

retrato de matilde - sarah afonso

Nas palavras da programadora, o título, Olhos nos Olhos, “remete não apenas para o olhar do espectador que fita o retratado, mas também para o olhar do artista que observa o outro quando o retrata”.
Esta duplicidade de olhares é sugerida por um título que permite vários sentidos. A exposição desenvolve-se em vários núcleos, principiando com um módulo dedicado ao retrato feminino, remetendo para o contexto familiar, seguindo-se outro dominado por figuras masculinas.


Nestes núcleos encontramos obras de artistas que retrataram a mulher, o marido ou os filhos, como os vários retratos de Maria Helena Vieira da Silva, da autoria de Arpad Szenes, ou o de Almada Negreiros, a filha e Sarah Afonso, pintado por esta última. A exposição dará também a ver, por exemplo, o modo como Fernando Pessoa foi retratado por diferentes pintores como Almada Negreiros, António Dacosta ou Costa Pinheiro, entre outros.
Serão ainda expostos vários autorretratos de alguns dos nomes fundamentais da arte do século XX e XXI como Almada, Amadeo, Ofélia Marques, Carlos Botelho, Abel Manta, João Hogan, Maria Beatriz, Ana Hatherly, José Dominguez Alvarez, José Escada, Frederico George, Mário Botas, Mário Eloy, Oscar Kokoschka, Artur Rosa, Victor Pomar e Victor Palla. 

E já sabem, ao domingo a entrada é grátis!

Olhos nos Olhos. O Retrato na Coleção do CAM Curadoria: Isabel Carlos
Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian

Cátia Marcelino

Comments

comments

, , , , , , , , ,