Em Cartaz, Música

Óscares 2015 (parte 2) | Os grandes vencedores

23 Fev , 2015  

Em mais uma noite de muito glamour, Hollywood brilhou, teve momentos altos, momentos divertidos e momentos decepcionantes.
O cinema independente foi generosamente reconhecido.“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”, apesar de não ter nenhum actor vencedor, ficou em clara vantagem com quatro Óscares, incluindo três nas categorias mais importantes, Melhor Realizador, Melhor Argumento Original e Melhor Filme. Empatado ficou “O Grande Hotel Budapeste” com quatro Óscares, mas menos relevantes, mas os mais óbvios e totalmente merecidos, pena que não ganhou melhor filme, era mais justo e para mim foi uma decepção que assim não tenha sido.
“Foxcatcher” foi derrotadíssimo com zero estatuetas face às nomeações. “Boyhood” apenas ganhou o prémio melhor actriz secundária, ao contrário do que se podia esperar. “American Sniper” também conquistou somente um Óscar.
Neil Patrick Harris viu a sua prova superada, em momentos hilariantes e de bom humor.

Veja abaixo a lista de todos os vencedores da noite.

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
J.K.Simmons, «Whiplash – Nos Limites»

 

J.K.Simmons-Whiplash – Nos Limites

 

MELHOR GUARDA-ROUPA 
«O Grande Hotel Budapeste», Milena Canonero

 

O-Grande-Hotel-Budapeste-Milena Canonero

 

MELHOR CARACTERIZAÇÃO
«O Grande Hotel Budapeste», Frances Hannone Mark Coulier

 

The-Grand-Budapest-Hotel

 

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
«Ida», Polónia

 

Ida

 

MELHOR CURTA-METRAGEM 
«The Phone Call», Mat Kirkby e James Lucas

 

The_Phone_Call

 

MELHOR CURTA DOCUMENTAL 
«Crisis Hotline: Veterans Press 1», Ellen Goosenberg Kent and Dana Perry

 

MELHOR MISTURA DE SOM 
«Whiplash – Nos Limites», Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley

 

MELHOR MONTAGEM DE SOM 
«Sniper Americano», Alan Robert Murray e Bub Asman

 

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA
Patricia Arquette, «Boyhood»

 

patricia-arquette-rosetta-getty

 

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS
«Interstellar»

 

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO
«Feast»

 

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
«Big Hero 6»

 

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA
«O Grande Hotel Budapeste», Adam Stockhausen, Anna Pinnock

 

MELHOR FOTOGRAFIA
«Birdman», Emmanuel Lubezki

 

Birdman

 

MELHOR MONTAGEM
«Whiplash – Nos Limites», Tom Cross

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO 
«Citizenfour», Laura Poitras, Mathilde Bonnefoy e Dirk Wilutzky

 

MELHOR MÚSICA
«Glory», «Selma»

 

 

MELHOR BANDA SONORA
«O Grande Hotel Budapeste», Alexandre Desplat

 

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL 
«Birdman», Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris, Jr. & Armando Bo

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
«O Jogo da Imitação», por Graham Moore

 

MELHOR REALIZADOR 
Alejandro  Gonzalez Iñárritu («Birdman»)

 

alejandro gonzalez MELHOR REALIZADOR

 

MELHOR ATOR PRINCIPAL
Eddie Redmayne, «A Teoria de Tudo»

 

Eddie Redmayne

 

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL
Julianne Moore, «Still Alice»

 

Julianne-Moore-Oscrs-channel

 

MELHOR FILME
“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”

 

birdman

 

Cátia Marcelino

, , , , , , , , , , ,