Literatura

Galveias | Novo livro de José Luís Peixoto

29 Out , 2014  

Da geração de escritores de Portugal da actualidade José Luís Peixoto é sem comparação o mais completo. Os seus poemas e escrita são pequenas delícias para a alma, que nos encerram numa profunda reflexão, ou nos remetem para memórias de infância. Essas memórias com as quais me identifico e tantas vezes falam dum Interior que tão bem conheço, fazem parte do imaginário do Autor, que com certeza estará bem presente na sua mais recente obra: Galveias. É esse o nome da sua vila natal, perto de Ponte de Sôr, distrito de Portalegre. Uma vila como tantas outras no Interior, esquecido, de população envelhecida, onde falta o emprego, mas onde há ainda muitas vivências, que se foram dissipando, e que são parte da nossa identidade que mantêm os traços do interior. Mais a Sul ou mais a Norte, nestes lugares ainda se conhecem os vizinhos, e cumprimentam-se as pessoas na rua, o céu tem estrelas mais bonitas, do que na cidade grande, e os personagens deste cenário dão lugar a este romance, segundo indica o Autor. A história passa-se em 1984, e promete levar-nos ao imaginário de JLP pelos seus olhos de 10 anos, numa mistura em que a ficção se separa por uma linha ténue da realidade.

17500135_KuJsL

 

“Para o meu pai nunca hei-de ser escritor”, diz JLP na revista Visão no passado dia 23, onde demonstra a sua mágoa por ter perdido o seu pai cedo demais, e ainda numa fase que o futuro estava por se “escrever”. Para o Tezturas e os milhares de fãs que este talentoso escritor tem, a memória de seu pai onde quer que ele esteja, está certamente honrada, pois JLP é um orgulho e uma referência para a Língua Portuguesa.

Fica já como prioridade para próximas leituras: Galveias, numa livraria perto de si, o Tezturas irá ler e recomenda.

Cátia Marcelino

Comments

comments

, , , , , ,