foto-feira-livro-2015

Literatura

Tezturas dos fins de semana #2 | 85ª Feira do Livro

2 Jun , 2015  

No fim de semana passado, trocámos a praia pela Feira do Livro em Lisboa. Num belo passeio pela cidade. Vai já na sua 85ª edição e esperemos que se mantenha, por muitos mais anos.
 
feira-do-livro-85

A tarde estava óptima, e o o Parque Eduardo VII, bem cheio, de livros, visitantes e vários autores portugueses nossos conhecidos – desde a tenra idade à mais adulta – Alice Vieira, Daniel Sampaio, Ricardo Araújo Pereira, Rita Ferro, Lobo Antunes, José Rodrigues dos Santos e um que eu já sabia de ante-mão, Mário de Carvalho.
 
Mário de Carvalho

 

Já se sabe que esta é uma grande oportunidade para conseguir grandes pechinchas, e livros com aquele desconto perfeito, para finalmente comprar o tal, aquele que faltava na prateleira  – e foi mesmo o caso, comprei o Mensagem de Fernando Pessoa, por 4€.
Aproveitámos para comprar mais dois livros, dois do dia – todos os dias da feira, as editoras, elegem alguns livros para esse dia, com por exemplo 50% desconto – do Mário de Carvalho, que ficaram 2 pelo preço de 1 (15€) e estou deveras curiosa por lê-los. E outro do R.L. Stevenson, que já andava na mira de alguém cá de casa, “A Ilha do Tesouro”.

 

livros-da-feira

Claro que não pude deixar de vaguear pelas prateleiras dos livros de Arte, Arquitectura e afins. Fiquei tão tentada em trazer um daqueles tamanho pocket, do movimento Arte Nova, por 8€, ou um do mesmo tema, tamanho XL, por 12€. Muita indecisão, e não se pode comprar por impulso. Talvez volte lá.
 

feira-do-livro

 
A feira está muito bem composta pelas principais editoras, outras menos conhecidas e mais alternativas, e com muita, muita coisa boa para fazer, workshops, conferências, showcooks. Está também cheia de barraquinhas e carrinhas, boas para pesticar ou comer um gelado, áreas de chill out para tomar um copo. O sítio é o que é, um dos maiores espaços verdes da cidade, resta desfrutar do acontecimento e aproveitar esta feira tão especial e antiga.
Até dia 14 de Junho, passem por lá, está aberta de manhã à noite, todos os dias e lembrem-se: que um livro pode ser algo mágico e nele “há palavras que fazem bater mais depressa o coração”.
 
Feira-do-livro-palavras-que-fazem-bater-mais-depressa-o-coracao

Cátia Marcelino

Comments

comments

, , ,