Comes e Bebes, Saber Viver

Comer fora #3 A Escola

10 Mai , 2015   Gallery

Naquele dia regressámos à Primária, onde fomos tão felizes na nossa infância. Mas n’ “A Escola” a tabuada e o abecedário, dão lugar a um menu de comer e chorar por mais.

Entre a Comporta e Alcácer do Sal este é um restaurante que na época alta é bastante concorrido, pelo que se aconselha a fazer reserva. Este jantar decorreu numa tranquila noite, em que estavam mais duas ou três mesas ocupadas.

 

restaurante a escola

 

Para começar, escolhemos uma salada de pimentos assados e uma salada de polvo, bem temperadas e acompanhadas com pão alentejano. Aqui encontram-se o melhor de dois mundos, a influência do Alentejo interior e do Alentejo litoral, pratos de peixe, pratos de caça, ensopados, azeite, coentros e bons vinhos.

 

salada de pimentos restaurante A Escola

 

Perante uma farta lista de tentadores pratos de peixe e carne, pedimos ajuda à simpática rapariga que nos atendeu – este, outro ponto forte d’A Escola”, o bom atendimento, casual e atencioso – que prontamente nos orientou.

 

 

Optamos então pelo ensopado de cherne. Servido em tacho de esmalte, e fatias de pão frito (alentejano, claro), a acompanhar. Peixe fresco, muito bem confeccionado com os temperos “au point” banhados por um molho imensamente guloso.

 

image

 

A escolha da carne não foi fácil, entre a perdiz na púcara, o ensopado de cabrito e outros que tal, a nossa sentença foi para a empada de coelho bravo com arroz de pinhão. E não houve quaisquer arrependimentos. Eu sou fã convicta de empadas, portanto, apresento alguma exigência nesse universo. Como prato para dois a forma apresentada era bastante básica, face à empada convencional, foi fechada em rolo. Mas o conceito estava lá todo, uma boa massa, com a consistência certa, e um bom recheio, que se descreve com uma daquelas longas honomatopeias, tipo “huuuuummmm”. O arroz estava óptimo, mas a salada bastava-me.

Para beber, foi branco com o ensopado e tinto com o coelho, ambos vinhos da casa, bastante satisfatórios.

 

vinho da casa restaurante a escola

 

Para fechar esta deliciosa refeição, fomos persuadidos a provar o bolo de chocolate e indubitavelmente vale a pena!

 

image

 

Fomos brindados com uma oferta da casa, um licor de bolota muito agradável.
Nota final: um Satisfaz Muito Bem, só não leva o Excelente, porque precisa de uma remodelação ao espaço interior,  que tinha muito potencial na sua génese de escola tradicional, cuja “arquitectura” foi aniquilada num anexo desastroso, com o objectivo de ampliação do espaço e a decoração também podia melhorar, já o exterior, cativa-nos de imediato e as loiças com o logótipo já envelhecidas são um charme.

Este é daqueles sítios onde queremos voltar,  afinal quem não gosta de voltar à Escola?

Cátia Marcelino

Comments

comments

, ,